Dicas Fotos na Mala para sua viagem a Paris (parte 1)

paris.jpg

Dicas Fotos na Mala: Paris

Parte 1 do que você não pode deixar de fazer na cidade luz.

Paris! A cidade luz, do amor e capital mundial da moda, gastronomia e arte. Uma cidade com tanto que o turista chega a se perder. E para não te deixar na mão, o Fotos na Mala vai te dar um help para você planejar melhor essa viagem dos sonhos! E é claro, não deixe de reservar umas horinhas para fazer seu ensaio fotográfico nessa cidade dos sonhos!

Confira a primeira parte das 10 dicas Fotos na Mala do que fazer em Paris! A segunda parte estará disponível dia 13/10.

eiffel-3.jpg

1- Torre Eiffel

Clássico dos clássicos, não deixe de visitar a Torre Eiffel! A torre é um monumento de ferro feito no séc. XIX com 324 metros de altura e inspiração da arte nouveau, é também o monumento pago mais visitado no mundo! Foi projetada pelo engenheiro Gustave Eiffel para a exposição Universal de 1889 e tem três andares, com um restaurante no segundo. O monumento fica em um amplo jardim florido durante o verão e cenário de muitos ensaios fotográficos, incluindo de casamento (olha a dica Fotos na Mala!).

Dica: compre os ingressos antecipadamente pela internet e evite longas filas.


arco-do-triunfo-2.jpg

2- Arc de Triomphe

Outro clássico parisiense é o Arco do Triunfo! Construído por Napoleão Bonaparte, o arco tem 50 metros de altura, 45 de largura e 22 metros de profundidade. Localizada em outros dois cartões postais, o arco está na praça Charles de Gaulle ao encontro da Avenida Champs-Élysées. Para evitar fila compre seu ingresso antecipado e sempre confira no seu hotel se o arco estará aberto para visitação no dia que você reservou.  

Dica: o acesso ao museu e ao topo do arco é feito somente por escada, 300 degraus.


champs.jpg

3- Champs-Élysées

Divar na Champs-Élysées, esse é outro “must to do” na sua visita a capital francesa. A avenida com 1,9 km de extensão e 71 metros de largura começa na Place de la Concorde e termina no Arco do Triunfo com a Praça Charles de Gaulle. Na avenida mais famosa do planeta você vai encontrar diversas lojas de marca, cafés e os famosos Macarons. Na Place de La Concorde, segunda maior praça da França, o visitante encontra o Obelisco de Luxor, que tem 22 metros de altura e 227 toneladas, o monumento foi oferecido pelo Egito em agradecimento e reconhecimento pelo primeiro tradutor de hieróglifos Jean-François Champollion.


Jardin-des-Tulleries-2.jpg

4 - Jardin des Tulleries

O Jardim das Tulherias, além de ser um espaço lindo e cenário de várias cenas de filmes franceses, está localizado estrategicamente entre a Place de la Concorde e o Museu do Louvre. Com alguns simpáticos cafés parisienses, bancos e o labirinto. O Jardim também recebe atrações como o parque de diversão Fête Foraine durante o verão, Feira de Arte Contemporânea, desfiles de moda e feira de paisagismo.


5-Realizar um ensaio Fotográfico

Paris é Paris né! Como não eternizar a emoção de ir para essa cidade tão maravilhosa? Não importa onde: Torre Eiffel, Museu do Louvre, parques, margem do rio Sena… O Fotos na Mala tem uma equipe de fotógrafos brasileiros para capturar o melhor da sua viagem. Confira todos os nosso fotógrafos em Paris!


6- Museu do Louvre

Mona Lisa! Pensar no Museu do Louvre é lembrar da Gioconda e Vênus de Milo, mas com seus mais de 72.000 m², o museu é muito mais, tanto que é o museu mais visitado do mundo. Dividido entre pré-história, arte egípcia, antiguidades orientais, arte grega, romana, etrusca, medieval, e todas as escolas artísticas que o ocidente viveu; o museu é enorme e pede planejamento para a visitação. E ah, é no páteo Napoleão que você encontra a famosa pirâmide invertida.

Dica: A administração do museu já avisou que em breve a venda de ingressos será somente pela internet, dado o alto número de visitantes diários. Para a utilização do City-Pass será necessário fazer a reserva antecipadamente com o número do pass.


Museu d’Orsay 3.jpg

7- Museu d’Orsay

Situado em uma antiga estação de trem construída para a Exposição Mundial de 1900, o espaço se tornou museu em 1986. Abriga obras impressionistas e pós-impressionistas de nomes como Renoir, Cézanne, Gauguin, Van Gogh e Monet. O Museu ainda conta com dois cafés e um restaurante.


8- Paris é arte baby!

Sim, Paris é a capital da arte ocidental, não tem com negar. Caso você queira visitar outros locais além do Louvre e d’Orsay, seguem algumas dicas:

Museu L’Orangerie
Localizada na Praça da Concórdia, o museu é abrigo de diversas obras impressionistas e pós-impressionistas. Lá o visitante encontra nomes como Dazzi, Cézanne, Modigliani, Picasso, Renoir e Matisse; sendo uma das obras mais famosas os quadros da série “Les Nymphéas” de Monet.

Museu du Grand Palais
Com uma cúpula de vidro de mais de 45 metros, o museu não tem acervo permanente, apenas exposições temporárias. Mas só para se ter ideia, já passaram por lá nomes como Hokusai, Picasso e Rodin

Centro Georges Pompidou
Um prédio arrojado considerado o pai da arquitetura pós-moderna, abriga o Museu Nacional de Arte Moderna, o visitante encontra os maiores acervos de arte moderna e contemporânea; além da biblioteca nacional, academia de artes e um centro cultural rico em atividades.

Museu Rodin
Procurando mais obras do Rodin? Criado em 1917 por conta da doação do acervo pelo próprio artista ao estado Francês, a famosa escultura O pensador está lá!

Museu du Quai Branly
Querendo sair do circuito ocidental? Esse museu abriga diversas obras de diversas épocas das várias culturas orientais, africanas e da oceania.

Museu do Picasso
Com mais de 5.000 obras do Picasso, o Hotel Salé no coração de Marais é prato cheio para amantes do artista.

Palais de Tokyo
Mas se você procura arte contemporânea, o Palais de Tokyo é o seu lugar. Vídeo instalação, cinema, instalações e tantas outras formas de expressão artística são encontradas lá.

Museu de História Natural
Botânica, biologia, mineralogia, geologia, paleontologia, sociedades… muita, muita informação você encontra lá. 


Jardim-do-monet-2.jpg

9- Jardim do Monet

Na charmosa Giverny está localizada a casa onde morou Claude Monet, hoje transformada em museu. O lugar é espetacular! Não somente a casa, onde estão abrigadas diversas obras, mas sobretudo o Jardim! Sim, o Jardim do Monet com a famosa ponte japonesa, que foi muito explorada nos seus estudos e inspiração para séries como Les Nymphéas. A cidade de Giverny fica a aproximadamente 50 minutos de trem de Paris.


versalhes.jpg

10- Palácio de Versalhes

Casa da família real francesa desde Luís XIV (de 1682 até 1789), o palácio de Versalhes era moradia da corte real Francesa. O local foi considerado patrimônio da humanidade pela Unesco, e foi  ganhando a forma que tem hoje ao longo dos anos com a expansão dos jardins (que hoje tem 800 hectares) e áreas externas. Ao visitar o palácio, você poderá ter um panorama do luxo no qual a corte vivia, e entender melhor a revolução francesa e todas as suas consequências para a sociedade burguesa ocidental. Indo lá, não deixe de andar pelo imenso jardim. Dentro do palácio você encontra a famosa galeria dos espelhos, local escolhido para a assinatura do  Tratado de Versalhes que finalizou a Primeira Guerra Mundial em 1919. O palácio está a cerca de 40 minutos de trem de Paris. 

Dica: Compre o ingresso online e evite sexta, sábado e domingo, dias com maior fluxo de pessoas.


Curtiu? Compartilhe com os amigos e não deixe essas dicas de fora da sua viagem a Paris!
E ah, já deixe seu ensaio fotográfico reservado! E vá no nosso site para conferir todos os mais de 100 destinos onde o Fotos na Mala está!